terça-feira, maio 31, 2016

Je suis Boateng!


Esta manhã acordei com a notícia de que a campanha dos chocolates Kinder, com fotos dos jogadores da selecção alemã quando eram crianças,  foi mal recebida e gozada nas redes sociais pelo movimento anti-islão e anti imigração, Pegida (movimento com ligações ao partido de extrema-direita alemão) pelo facto de colocar fotos de crianças negras em vez dos rapazinhos louros (como Hitler tanto gostava) nas caixas de chocolates.

Um dos jogadores retratados nas novas caixas Kinder, agora criticadas, é o defesa Boateng, filho de pai ganês e mãe alemã, nascido em Berlim e muito provavelmente o capitão da selecção alemã.





Nunca gostei de extremos, mas mais do que não gostar, estas tendências da extrema-direita europeia e de movimentos anti-outros-que-não-nós assustam-me! Na verdade, apavoram-me! Não é esta a minha Europa! 

Estudámos o passado tão recente da 2ª Guerra Mundial e os efeitos devastadores dos ideais nacionalistas, chocámo-nos com os relatos dos sobreviventes dos campos de concentração, ainda hoje choramos as mortes injustas desse período. 

Como é possível o ressurgimento destes ideais racistas e xenófobos? Como é possível o avanço destes movimentos e o aumento de apoiantes aos mesmos?

Como é possível que esta Europa não tenha aprendido nada e que esteja a repetir os mesmos erros de uma história que nos é ainda tão próxima?

Não me conformo! E por isso manifesto o meu apoio e a minha solidariedade para com todos os Boatengs deste mundo.
‪#‎jesuiskinder‬
‪#‎jesuisboateng‬



quarta-feira, maio 25, 2016

O Facebook a salvar relacionamentos! (ao contrário do que se diz)


Esta manhã experimentei um daqueles testes de facebook que dão respostas acerca do nosso perfil.

O teste tinha como título "Quem doaria sangue para salvar a sua vida?" . Felizmente para o Limoneiro, o resultado foi ele, caso contrário logo à noite iria haver discussão ou no mínimo daqui por dois meses, no meio de uma qualquer discussão, haveria de lhe mandar isso à cara:
- "Eras incapaz de doar sangue para salvar a minha vida e ainda dizes que me amas?"
Lá está o Facebook a salvar relacionamentos!

Todos sabemos que esta cena dos testes de facebook são do mais absurdo que pode haver, mas a verdade é que o narcisismo não resiste a tanto elogio, e a curiosidade por ler um resultado que nos encha o ego é mais forte. 

Acabei de fazer um com o título "De que é que você tem culpa?", e o resultado é o que vocês podem ver na foto deste post.  Eu à espera de algo negativo relativo à minha pessoa, e nem assim.

Pagava para ver um comentário negativo. Assim algo do estilo "você não vale a ponta dum chavelho" ou "você é invejosa e antipática" ou "não há quem te aguente!". 

Era de mestre, Zuckerberg!

#testesdofacebook
#somostodosmaravilhosos


Amor é... #9

AMOR É:

Eles ajudarem sem ser preciso estarmos sempre a pedir e a chamar a atenção.
É que fazermos o papel de chatas caaaaaaaansa à brava!


I ain´t your mama!




#amor

domingo, maio 22, 2016

Os Sem Tempo Para Nada!

Este post é uma espécie de 2 em 1 com a rubrica GENTE QUE ME IRRITA deste blogue. Desta vez com o título #Os-sem-tempo-para-nada!

Os SEM TEMPO PARA NADA são aqueles que estão sempre demasiados ocupados! Aqueles que, para além de não atenderem o telefone, nunca mais ligam de volta, como se estivessem ocupados 24 horas por dia. Este pessoal não deve comer, nem dormir, nem ir à casa-de-banho, uma vez que não conseguem sequer dar sinal de vida com um simples sms.

O que me adianta que o pediatra dos meus filhos seja o melhor do mundo, que se mantenha sempre actualizado assistindo a dezenas de congressos e formações, reunindo mais conhecimentos e anos de experiência do que qualquer outro, se de cada vez que os meus filhos estão doentes e eu preciso da sua ajuda ele não estiver disponível para me atender a uma chamada ou para marcar consulta? Um médico assim vale zero!

Para que serve um chefe que, perante uma situação complicada com um cliente, não tem tempo para nos ajudar a resolver o assunto, e nos obriga a desenrascar a situação sozinhos?

Que mais-valia tem um professor que debita nas aulas todo o seu vasto conhecimento, mas se recusa a ajudar os seus alunos?

Um consultor imobiliário sem tempo para esclarecer as dúvidas dos seus clientes?

Um treinador que não está lá para os seus jogadores?

Um irmão que não seja mais do que alguém do mesmo sangue?

Um amigo que fala fala fala, mas não tem paciência para o nosso desabafo?

Um pai que nos obriga a ouvi-lo, mas se borrifa para a nossa opinião?

Um marido que quer a nossa atenção, mas tem mais o que fazer quando tem de nos "aturar!?
etc, etc. etc

Todos estes SEM TEMPO PARA NADA são os que com a passagem do tempo vão deixando de fazer falta, porque só faz falta quem está e quem quer estar.

O tempo é, sem dúvida, o bem mais valioso que temos para dar a alguém, e quando falo em tempo, refiro-me à disponibilidade para estar e ouvir, para ajudar e colaborar se for caso disso.

Dedicar o nosso tempo a alguém é, no mínimo, um sinal de educação e de respeito, e em última instância é uma expressão de amor, porque nesta coisa das relações a atitude vale muito mais do que palavras.

Descobre aqueles que nunca te negam o seu TEMPO e mantem-os por perto!.









sexta-feira, maio 20, 2016

A Catarina Furtado pediu. Estás disposto a partilhar?

Catarina Furtado pediu, e isso só por si já seria o bastante para tomarmos uma atitude.

A ideia é partilhar este vídeo e pressionar os líderes mundiais a estar presentes na 1a Cimeira Humanitária que irá ocorrer em Istambul nos dias 23 e 24 de Maio, na tentativa de encontrar soluções para a crise dos refugiados.

Era tão bom se o nosso Presidente Marcelo Rebelo de Sousa nos fosse representar.

Partilhem Limoneiros e vão a https://impossiblechoices.org/Juntos somos mais fortes!

‪#‎WorldLeadersShowUp‬ ‪#‎impossiblechoices‬ #‎ONU‬ #‎refugiados‬ ‪#‎sharehumanity‬  ‪#‎LimonadadaVida‬





Vejam também o vídeo How would you respond to Impossible Choices?. Que escolhas fariam se tivessem de escolher entre o que levariam convosco e o que nunca mais poderiam ter na vida?



quarta-feira, maio 18, 2016

Dúvidas de Teenager!

No carro, a ouvir as últimas notícias sobre a aprovação da Lei das Barrigas de Aluguer:

Timteen pergunta com ar enjoado: Com esta história das barrigas de aluguer, os homens têm mesmo de fazer sexo com essas outras mulheres?

Tão querido! Ainda tão verdinho o meu filhote, caso contrário teria perguntado feliz da vida: "os homens podem fazer sexo com essas outras mulheres? ".









Da Linguagem Cibernáutica!

Gente que se ri na escrita cibernáutica com kkk ou com rsrsrsrs, o que é isto?
De onde é que isto vem?
Desde quando é que alguém a rir faz este som? Nem o Mutley!

O LOL (Laugh Out Loud) ainda tem uma explicação, agora o kkk!




terça-feira, maio 17, 2016

Pedidos de amizade duvidosos!

Tenho um pedido de amizade de uma pessoa que, assim numa primeira abordagem, creio não conhecer.
Não tenho por hábito aceitar amizade de pessoas que não conheço, mas também não elimino sem tentar perceber de quem se trata. Já me aconteceu eliminar um pedido de amizade de um antigo colega de escola, porque estava absolutamente irreconhecível ao fim de 20 anos.
Antes de eliminar o pedido, andei de volta do perfil do moço para ver se o reconhecia melhor noutras fotos. Nada!
Pesquisei para ver se tínhamos amigos em comum. Nada!
Só depois reparei que o seu apelido é Bijou, que no seu perfil escreve frases como "Hora nem mais" e que a maioria das suas amigas são ladies cujas fotos de perfil parecem retiradas dos classificados do Correio da Manhã.
É já a seguir, caro amigo, me aguarda!
#DizmeComQuemAndas
#DizmeComoEscreves


Boteco das Tertúlias - #9 DESPORTO





Em primeiro lugar, um pedido de desculpas ao vasto auditório deste Boteco das Tertúlias e às minhas colegas bloggers pelo atraso, pois Dia de Boteco é a 16 de cada mês, e não a dia 17.

Ora o tema deste mês é DESPORTO.

Quem segue este blogue sabe que sou uma aficcionada do ginásio. Não faço disso vida, mas gosto de treinar. Pratico STEP três vezes por semana há cerca de 12 anos, e quando não consigo ir parece que o dia já não corre tão bem.

Mas não é de mim que vos quero falar. Quero falar-vos dos "cromos" do ginásio! Ao longo destes anos tenho apanhado alguns.

O mundo divide-se entre:
1- os "nunca na vida" , que simplesmente não metem os pés no ginásio. Também conhecidos por frequentemente inventarem desculpas deste estilo:
- tenho muito trabalho ou tenho de estudar, não tenho tempo
- está muito calor ou está a chover
- não posso, dói-me as costas
- ando deprimido
- entre outras
 Os únicos exercícios que estes indivíduos conhecem são o Mapling (passar o dia no sofá), o Beering (levantamento da cerveja), ou o Booking ( os que passam o dia sentados a ler livros).


2- Os "temporários",  que se inscrevem no ginásio em Maio, e esperam ver resultados concretos ao fim de 2 semanas. Lá para Julho já desistiram, para voltarem novamente na próxima Primavera.
São também estes que entram pela primeira vez numa aula de Body Step e vão logo lá para a frente, estilo meninos da escola que se sentam na primeira fila em frente ao professor no 1º dia de aulas.

3- Os "regulares", o pessoal que vai com regularidade ao ginásio.
Dentro dos regulares temos subtipos de personagens: os alegadamente "normais" (whatever that means) e os "cromos".

Era a estes que eu queria chegar, aos estereótipos do ginásio. São deles exemplo:

- o "Exibicionista e fala-barato", aquele passa grande parte do tempo de treino a tirar selfies e a olhar para o espelho assediando o seu próprio corpo;

- o " Dá-lhe no pó" , o que toma cerca de 10 suplementos antes de começar a treinar, é mais bombas do que treino;

- o "Dono disto tudo": conhece toda a gente o ginásio, fala alto, ocupa o espaço dos outros e  pressiona-os a sair dos aparelhos tipo Bully, porque aquilo é tudo dele;

- o "Cantor", mete os phones nos ouvidos e o resto do pessoal que se aguente com as suas cantorias o treino inteiro.

- o "Engatatão", o que vai ao ginásio para engatar miúdas;

- o " Cavalo" bebe água às litradas e depois transpira que nem um cavalo, pingando tudo à sua volta. Este gajo tem toalha, mas não a usa.  Mantém relativa distância deste gajo, sim?


Para melhor exemplificar alguns destes esterótipos, deixo-vos um vídeo do Bruno Salgueiro, com os 10 Mandamentos do Ginásio, ou o-que-não-fazer-num-ginásio.

Vejam lá se se revêm nalgum destes cenários e Bons treinos!







O Boteco das Tertúlias é uma colaboração com os blogues Contador de EstoriasLifes TexturesEspresso and Stroopwafel, e  Anas há Muitas.
Vão lá espreitar o Tema DESPORTO nos seus blogues.







segunda-feira, maio 16, 2016

Isto vai dar Molho!

No rescaldo da vitória do meu SLB:

Ele: Isto é só azeiteiros no Marquês!!! Que palhaçada.

Eu: E tu como festejarias se tivesse sido o Sporting a vencer o campeonato?  Não ias, queres ver... Espera lá, eu não me lembro de te ver festejar um único campeonato desde que estamos juntos. Há quantos anos o SCP não é campeão?

Ele: Há 14 anos... é verdade, desde que estamos juntos o SCP nunca ganhou um campeonato. Acho que me vou separar. Tu dás-me azar!


Isto vai dar molho!




domingo, maio 15, 2016

Há histórias de vida incríveis!


Recomendo-vos "Unbroken", filme inspirado na vida de Louie Zamperini, um atleta olímpico americano que sobreviveu a 47 dias em alto-mar até ser encontrado pela marinha japonesa e enviado para um campo de prisioneiros de guerra.

Realizado por Angelina Jolie, este filme não é apenas mais um filme sobre a 2ª Guerra Mundial, é uma maravilhosa história de sobrevivência e persistência.

Após o seu regresso aos Estados Unidos, Louie passou por um longo período pós traumático em que sofria de alcoolismo, e que quase destruiu o seu casamento.

Mais tarde, Louie dedicou grande parte da sua vida a perdoar os seus inimigos japoneses (chegando a encontrar-se com eles enquanto ainda cumpriam pena por crimes de guerra) e a fazer discursos sobre a sua história e sobre a importância do perdão. Para mais informações visitar The Louis Zamperini Foundation.

Em 1998, regressou ao Japão para transportar a tocha nos Jogos Olímpicos de Inverno de Nagano, onde manifestou a sua intenção de perdoar Mutsuhiro Watanabe, aka "Bird". No entanto, este recusou-se a recebê-lo.

Louie faleceu em 2014, vitima de pneumonia.






Os voluntários distribuem comida, não peçonha!

Sexta-feira foi novamente dia de volta com as equipas-de-rua da Comunidade Vida e Paz. Desta feita, fui eu a condutora de serviço!

Quem conhece o trânsito em Lisboa sabe o quanto é difícil "encostar" quanto mais estacionar.

Se nalguns pontos da cidade são tantas as pessoas sem-abrigo que vêm ter connosco que é preciso estacionar, dar-lhes alguma atenção e dois dedos de conversa, noutras paragens mais ao final da noite e pelo facto de eles já se encontrarem a dormir, limitamo-nos a encostar a carrinha, e deixar a comida no sítio onde eles dormem.

Ora num desses nossos pontos de passagem, a Praça da Alegria, encostei em frente a um hotel, o Hotel Alegria se não me falha a memória. Assim que nos viu encostar, em carrinha devidamente identificada, o porteiro/segurança aproximou-se para me mandar seguir, tentando impedir-me de parar ali. Pedi-lhe que me desse um tempinho, pois as colegas iam só deixar os sacos e vinham num instantinho.

Nem dois minutos depois, assim que elas voltam, e começam a entrar na carrinha, o senhor porteiro/segurança dirige-se a elas dizendo em tom autoritário:
- Vejam lá, isto não é para se habituarem a parar aqui!

Era meia-noite, não havia um único cantinho onde estacionar uma carrinha de 9 lugares, encostei dois minutos, sem sair do meu lugar, para as colegas-voluntárias sairem e entregarem os sacos aos dois sem-abrigo que dormiam nos bancos de jardim! Não estacionei para ir ao café comprar água ou tomar o pequeno-almoço depois de ir deixar os miúdos na escola.

Alguém diga a este senhor que os voluntários distribuem comida, não peçonha!

Há alturas em que me sinto melhor junto dos "desajustados" do que dos alegadamente "normais".






terça-feira, maio 10, 2016

Fazer dieta? Não! Comer saudável!


Não gosto de dietas! Só de me mentalizar que tenho de fazer dieta já ando deprimida.

Desde há uns anos a esta parte, consultei uma nutricionista que me ensinou a comer. Passei a aplicar as suas regras, mudei os hábitos no meu dia-a-dia, em vez de fazer dieta durante 2 ou 3 meses. Mudar os hábito, para além de fazer melhor à saude,  evita que tenha grandes oscilações de peso e que tenha necessidade de grandes dietas, excepto quando me porto mal.

Partilho aqui algumas dessas dicas!

Posso dizer-vos que desde que fui à nutricionista o meu pequeno-almoço normalmente é sopa.
Sim, S-O-P-A!  Se é boa à noite, também o é de manhã, acreditem.
Ao pequeno-almoço como sopa ou ovos mexidos, estrelados, cozidos...

Há muito que deixei de beber leite. Lacticínios só queijo (de cabra ou ovelha) ou iogurtes.

Recentemente introduzi uma sugestão feita pelo meu Timteen, que finalmente aos 15 anos lá descobriu que o pai tinha razão quando lhe dizia para não se encher de coca-cola ou para não por açúcar nos morangos. A sua sugestão são panquecas feitas só com ovo (mais clara do que gemas) e aveia. Por vezes, acrescento sementes de girassol e linhaça previamente trituradas. As sementes têm de ser trituradas, caso contrário o nosso organismo não absorve os nutrientes. Não somos canários, certo? Depois de feitas as panquecas, acrescento fruta (morangos, kiwi, banana) e uns pozinhos de canela.

No intervalo das refeições, ou como fruta (de preferência as de menor índice glicémico) ou frutos secos (nozes, cajus, avelãs, amêndoas). E água, muita água!

Almoço?
Hidratos de carbono só até à hora do almoço (ao jantar não) e só nos dias em que vou treinar. Nesses dias em que como hidratos ao almoço, dou preferência ao arroz ou massa integrais ou à batata doce.

Nada de refrigerantes. O melhor que se pode beber nesta vida é água, muita água, antes e depois do treino, ao acordar com umas gotas de limão, durante o dia com sementes de chia, ou simples.

Olhá Marmita!
Já há muito que a moda pegou aqui para os meus lados. Desde que passei a frequentar o ginásio com regularidade (há cerca de 12 anos) que trago marmita de casa.
Vejam o exemplo de hoje, em que não fui treinar: Salada à Limonada!



O que leva? Mais fácil que isto não há:
Alface, tomate, miolo de camarão cozido, ovo cozido, fiambre de perú, queijo brie, pêra abacate, nozes, tudo temperado apenas com iogurte de coco Activia. Nada de sal, nem outros temperos.

Obviamente que esta história da marmita requer alguma organização e trabalho de véspera, mas torna as refeições mais rápidas, baratas e muito mais saudáveis do que comer fora. Prefiro guardar esses caprichos para o fim-de-semana e para o tão-falado "Dia do Lixo" semanal. Afinal, sem quebrar regras de vez em quando, a vida não teria sabor nenhum!

E a organização por vezes basta que seja semanal e não diária. Por exemplo:
- os ovos cozidos (pré-treino ou para o intervalo das refeições) cozo-os para toda a semana, não me dou ao trabalho de cozer um ovo todos os dias.
-As panquecas podem ser feitas para vários dias da semana.
- No Domingo, fiz um tabuleiro de barras de cereais que dão para toda a semana. Aqui têm o vídeo onde me inspirei para as fazer.
- o arroz integral, que demora 45 minutos a cozinhar, faço em grandes quantidades para várias refeições.

Ao jantar como de tudo, mas sempre acompanhado de salada ou legumes. Nada de hidratos! Não me privo de comer bifes, costoletas, entrecosto, rolo de carne, etc ou de um bom peixe, mas tudo com salada de legumes.

Se no final do dia me apetecer um doce, há sempre as tabeletes de chocolate com 85% de cacau. Nada melhor do que um quadrado de chocolate para tirar aquele apetite de algo doce, sem ser preciso mandarmo-nos a uma lata inteira de leite condensado ou caixa inteira de gelados.

E perguntam vocês: então e a Limonada não bebe limonada?
Bebe! Dois limõezitos triturados na Bimby com umas colheritas de Xilitol. Para quem não sabe o que é, vejam aqui no site da My Protein.


E a Limonada cozinha com manteiga ou azeite?
Manteiga nunca. Uso azeite, mas dou preferência ao óleo de coco, aqui para quem não conhece os benefícios.

Vamos falar de pão?
É das coisas que mais me custa abdicar, pois adoro pão. Sempre que me apetece, dou preferência ao integral, pão escuro ou alemão. É caro, mas visto que não como todos os dias, dá para o estrago.

Preciso de vos dizer novamente para beberem muita água? Preciso, pois também o tenho de dizer a mim mesma. Principalmente no inverno, tenho imensa dificuldade em beber litradas de água no inverno. Mas que faz bem, faz!

São estes alguns dos hábitos que introduzi e que para mim têm feito diferença. Nem sempre os cumpro, é verdade. As épocas festivas, os jantares com amigos, os petiscos em casa, os desejos de francesinha, arroz de cabidela ou sandes de presunto com queijo da serra são exemplos de tentações à quais muitas vezes não resisto e que estragam este esquema, mas que esses momentos sejam a excepção e não a regra. É muito mais fácil recuperar de um estrago semanal do que de maus hábitos frequentes.

Ah, é verdade! É muito importante que a pessoa que vive connosco partilhe desta vivência, caso contrário torna-se muito difícil, para não dizer impossível, manter esta regularidade. E nisso tenho uma sorte danada, mais do que alinhar, é o Limoneiro quem muitas vezes incentiva.

Comer saudável está na moda, por isso se quiserem experimentar estas dicas e mudar os vossos hábitos alimentares para toda a vida ( em vez de fazer dieta), partilhem as vossas opiniões quando começarem a notar diferenças. Para quem já o faz, partilhem o que vos fizer sentido dizer sobre o assunto.


#operacaobikini2016
#cuidadeti
#comersaudável

segunda-feira, maio 09, 2016

Põe-te na letra, Smartieteen!


Uma das melhores formas de ensinar alguma coisa aos miúdos é através da música. 

Este "Scrub" das TLC já é velhinho, mas parece-me uma boa forma de ensinar à minha Smartieteen o tipo de homens que não interessam nem ao Menino Jesus e que por isso são de evitar a todo o custo.

‪#‎noscrub‬
‪#‎tlc‬
‪#‎learnfrommusic‬
‪#‎sermãe‬
‪#‎adolescencia‬