terça-feira, julho 01, 2014

Já disse que não vais e não se fala mais nisso!!!

É sem dúvida o melhor e mais importante emprego do mundo, mas esta coisa de orientar ou mandar na vida de alguém tem muito que se lhe diga, chiça penico. 
Não estou falar de quando as meninas começam a ter maminhas, nem de quando os meninos começam a olhar para as meninas com olhos de lobo mau. Estou a falar de decisões aparentemente fáceis e banais, mas que podem mudar toda uma teoria de parentalidade que julgávamos perfeita.
Não tenho por hábito proibir. Prefiro uma educação em que eu apresente os prós e os contras, explico o meu ponto de vista e depois deixo-a pensar pela cabeça dela. Gosto muito que ela pense pela cabeça dela, mesmo que pense de maneira diferente da minha.
Sempre foi uma boa miúda! Estudiosa, responsável, organizada, amiga. Um descanso. Nunca me deu problemas de maior. Aliás, até há bem pouco tempo o nosso maior duelo relacionava-se com a comida. Sempre foi uma peste para comer. Desde que nasceu. Não sai à mãe! Não sai, nem tinha de sair. Demorei a percebê-lo, mas cheguei lá.

Esta minha pré-adolescente tem a sorte (gaba-te cesto) de a mãe poder e gostar de lhe proporcionar experiências que marcam uma vida: viagens, teatros, cinema, concertos, you name it. 
Quero que ela tenha liberdade de escolha, para que no futuro escolha bem! E orgulho-me disso.
De Shakira a Moonspell, de Miley Cyrus (a anterior, não esta de agora) a  Keane e Blind Zero, de Paulo Gonzo e Pedro Abrunhosa a Richie Campbell,  de Jennifer Lopez a Xutos e Pontapés e Rolling Stones. Ela vai a todas.
Sabendo-a uma enooooorme fã de One Direction comprei-lhe bilhetes com dez meses de antecedência, e sempre que puder lá estarei para a levar aos seus artistas favoritos, ou lhe apresentar artistas e bandas dos quais nunca ouviu falar. Talvez por isso ela seja fã de concertos e espectáculos, talvez por isso não goste de estar muito tempo em casa, talvez por isso esteja sempre à procura de coisas para fazer, jogue ténis, toque guitarra, arrisque a sua sorte em audições de teatro, etc…

Vai haver um mas/todavia/contudo? Vai…

Recentemente pediu-me para ir ver Miley Cyrus novamente (15 de Junho – Meo Arena). Mas, desta vez, eu disse N-Ã-O!
- Mas porque não?
- Porque já foste vê-la em 2010.
- Mas ela agora está diferente, tem músicas novas, o espectáculo é diferente…
- É exactamente por isso. Ela está diferente, para pior. Desiludiu-me muito como artista. Creio que está a puxar mais pela sua sexualidade do que pelos seus dotes de artista. E acho que não é bom exemplo para ti, não achas?
- Acho! A mim também me desiludiu um bocadinho, mas posso ir na mesma?
-Não, a mãe tem viagem marcada para a Tailândia. Nem sequer cá estou para te levar! - Disse eu confiante dos meus argumentos.
- Não faz mal, os primos vão e eu posso ir com eles!
- (ups, desta não me lembrei) - Não quero gastar dinheiro nisso!
- E se eu comprar com a minha mesada?
- Não, não compras!
- Mas porquê?
- Já te disse que não, e não se fala mais nisso! – (ser mãe também é isto, bolas!)

E não se falou mais nisso. Assunto resolvido!

No dia seguinte ao concerto, no facebook da minha adolescente leio:
;( bye miley, pode ser que seja para a próxima vez! ♡♡♡  a sentir-se triste.

E agora dizem vocês em coro: ooooooh, coitadinha!
Força, podem massacrar-me à vontade!
Eu explico: Eu até gostava da miúda, da 1ª Miley Cyrus, aquela atrevida mas sem ser a badalhoca de agora. Eu até compreendo a necessidade de ela se afastar da menina bonita e doce da Disney, eu até entendo que ela cresceu, é uma mulher, é uma artista, e dos artistas espera-se excentricidade… percebo isso tudo… o que não me conformo é que a Miss Língua de Gelado esteja pior do que a Madonna nos seus tempos áureos em que precisava de mostrar o quanto gosta de “sexar”.
E a minha filha ainda é demasiado baby para estas badalhoquices! Ela ainda é a minha filhota doce, querida da mãe, a minha princesa…
Isto é grave, eu sei, mas não me consigo controlar!
Pior! O que é que eu ganhei com esta proibição, perguntam vocês? Absolutamente NADA!
Muito pelo contrário. Como o fruto proibido é o mais desejado, a admiração/paixão da minha pré-adolescente pela Miley Cyrus ainda se intensificou mais.
Agora lembrou-se de criar uma página de facebook de seu nome Smilers, esta aqui https://www.facebook.com/pages/Smilers/1488505471386488?fref=ts onde diariamente publica maravilhas acerca da Miss Língua de Gelado, acerca da sua infância, de como iniciou a sua carreira, onde resumidamente diz o quanto ela é LINDA e PERFEITA. E ainda me enviou um convite!
Bonito!! 




3 comentários:

  1. Pois tia se tu tivesses deixado ir conosco talvez nao havia pagina

    Goncalo chaves

    ResponderEliminar
  2. Grande Bia:) OBS: Não lhes digas que disse isto mas que esteve bem esteve:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Shiu... aqui que ninguém nos ouve, ela dá luta, mas tem a sua piada!

      Eliminar

Diz o que te vai na alma