terça-feira, julho 18, 2017

Dia Internacional Nelson Mandela



Dia Internacional Nelson Mandela - Pela liberdade, justiça e democracia

Advogado dos direitos humanos 

Prisioneiro de um regime de segregação racial

Nobel da Paz

1º Presidente da África do Sul 

O mais poderoso símbolo da luta contra o regime do Apartheid

Um dos maiores líderes morais e políticos de nosso tempo




O Mundo precisa de pessoas assim!



#limonadadavida

segunda-feira, julho 17, 2017

Amor é ...#12


Ele: Amooooor, sabes da tesoura?
Eu (ao longe): qual tesoura, a da cozinha?
Ele: sim, costuma estar aqui na gaveta da cozinha, mas eu não a encontro.
Eu: se não a tiraram, há-de estar ai.
Ele: não a encontro, não podes vir aqui?
Eu: se não está nessa, procura na gaveta debaixo.
Ele: não está, já remexi isto tudo! Podes vir aqui ou não?
Eu: Ok, estou indo!
(...)
Fecho gaveta de cima, abro gaveta de baixo.
Eu: Está aqui! Parece impossível. É sempre a mesma coisa. Não podias ter feito isto sozinho? Havia alguma necessidade de me chamar? É assim tão difícil abrir uma gaveta?
Ele: tu és melhor nestas coisas do que eu.

TRADUÇÃO:
Ele: Eu não me dei sequer ao trabalho de procurar. É mais fácil chamar-te!

#amor #vidaadois

Maminhas, cada uma sabe das suas, ok?


Divirto-me imenso a ler os comentários sobre amamentação nos blogues da especialidade.
Quase que se fuzilam. Credo!
Meninas:
Podem partilhar-se experiências e dar opinião sobre as vantagens e desvantagens da amamentação, mas não há nada para debater, nem motivos para discutir.
É uma escolha individual, da mãe, a dona das maminhas.
E no que diz respeito a maminhas, cada uma sabe das suas, ok?
Agora ide em paz e que o senhor vos acompanhe.
#sermulher #sermae #amamentacao

Da Tolerância em Falta

Gosto do Cristiano Ronaldo.
Gosto do facto de ele ter trabalhado muito para chegar onde chegou.
Gosto que seja uma referência do nosso país no estrangeiro.
Gosto que seja um puto bem sucedido.
Gosto do seu espírito competitivo sem precisar de deitar ninguém abaixo.
Gosto que ele tenha orgulho do seu percurso sem se esquecer de onde veio.
Gosto que seja pessoa que se preocupa em ajudar os outros.
Gosto que invista algum do seu dinheiro em quem mais precisa.
Gosto que seja amigo da sua família e um conciliador.

Não entendo a necessidade de ter filhos sozinho, não entendo a necessidade de os comprar.
Parece que receia ter de os partilhar no caso de separação, e que eles deixem de ser só seus. Querê-los só para si, na minha opinião, revela algum egoísmo.

Não entendo, mas isso não faz dele um estupor moral, dr. Gentil Martins.
Nem a homossexualidade faz das pessoas anormais ou doentes.
O Dr. tem muitos conhecimentos científicos e outros que tais, mas também tem muito preconceito e juízo de valor nessa cabecinha, caríssimo.


Tal como ao CR7, também não o entendo a si, à sua postura nem às suas opiniões, mas isso não faz de si um estupor.
Faz de si um ser humano que também falha, e que não anda cá para agradar a ninguém. 

Só isso!
É um direito que lhe assiste, mas Todos nós o temos, sim? O dr. não é mais do que ninguém.

quinta-feira, julho 13, 2017

CRUZEIRO, SIM OU NÃO?

Acabadinha de chegar de férias, partilho convosco a minha experiência num cruzeiro.






Não foi a minha primeira vez, pois já tinha feito um cruzeiro pelas Caraíbas em 2010, mas regressei mais uma vez com a sensação que são férias para repetir.  Obviamente passando por outras cidades, mas sem dúvida uma experiência para repetir.



VANTAGENS DE VIAJAR NUM CRUZEIRO:
- Conhecer vários locais numa mesma viagem, sendo que o período de deslocação é feito com animação e entretenimento a bordo, e sem ter de andar com as malas atrás. Ou seja, podemos perfeitamente apanhar um avião, um comboio ou até viajar de carro, todas as noites e no dia seguinte acordamos numa cidade diferente, certo? No entanto, teremos de ser nós a conduzir o carro, a acartar com as malas todos os dias, e sem qualquer tipo de divertimento durante a viagem. O cruzeiro é muito prático, pois serve de meio de transporte, ao mesmo tempo que serve de hotel, restaurante e local de animação.

- Convívio com outras nacionalidades: viajam e convivem connosco pessoas de centenas de nacionalidades e de cuLturas diferentes, inclusivamente o staff.

- Enorme oferta de destinos: existem cruzeiros pelo mundo fora e a oferta é variadíssima. O difícil é escolher.

- Excelente organização do Cruzeiro: tudo funciona a tempo e horas, sem filas, sem consternações, como se de um hotel 5 estrelas se tratasse. Os jantares são feitos em dois turnos e resultam muito bem. As malas são entregues à porta do camarote à chegada e recolhidas para fora do barco à saída. As centenas de pessoas que saem diariamente nas excursões são agrupadas em horários diferentes para evitar aglomerados e tropelias.

- Segurança: tal como num aeroporto, todos os passageiros passam pelo posto de controle e pelo raio X sempre que entram ou regressam ao barco.

- Entretenimento: durante todo o dia, para todas as idades e de qualidade (especialmente o show da noite)

- Staff 5 estrelas: o atendimento é personalizado. Temos um camareiro/a e um empregado de mesa todas as noites. No final das férias, garanto-vos uma empatia estreita com as pessoas que vos serviram durante o cruzeiro. Não há como não adorá-los! Antes de pensares em pedir outra coca-cola já eles a estão a colocar à tua frente, sempre de sorriso na cara. A capacidade de observação e a simpatia são incontornáveis.




DESVANTAGENS:
- nem todos os portos em que o barco atraca são cidades com interesse turístico, pelo que não adianta muito fazer um cruzeiro sem se contratar excursões às cidades verdadeiramente interessantes, e que muitas vezes estão a uma/duas horas de carro. Na verdade, as excursões encarecem bastante o custo da viagem, mas sem elas o cruzeiro não passa de um hotel ambulante. Não faz sentido.

- As cidades que visitamos são vistas num único dia, em poucas horas, ou seja, a correr. Cidades como Barcelona, Roma, Florença, e outras que tais, precisam de mais do que um dia para serem apreciadas como convém. Outra viagem terá de ser feita para revisitar com calma as cidades da nossa preferência.

- Internet a preços absolutamente proibitivos, uma vez que a ligação é feita por satélite e não por cabo ou fibra como em terra. No entanto, assim que chegamos a uma cidade, hoje em dia qualquer café, restaurante, etc tem wifi gratuito. Portanto, para os "agarrados à net" o dia mais complicado será apenas o dia de navegação.

- Enjoos, indisposição ou qualquer outra doença espontânea que possa surgir. O barco tem gabinete médico, mas obviamente muito limitado e só a consulta custa 132€. As grávidas a partir das 24 semanas não estão autorizadas a viajar.



CRUZEIRO PULLMANTUR 
Barco Sovereign -  14 decks, casino, sala de video jogos, ginásio, spa, parede de escalada, campos de padel, 2 discotecas, 2 piscinas e jacuzzis, lojas duty free, salão de espectáculos, cube para as crianças, variados restaurante e bares.














Roteiro Brisas do Mediterrâneo
Partida: Barcelona
Passagem por: Nápoles (Pompeia ou Sorrento e Amalfi ou Capri), Civitavecchia (Roma e Vaticano), Livorno (Florença, Pisa), Villefranche (Nice e/ou Mónaco),  La Seyne-Sur-Mer (Aix, Marselha ou Saint-Tropez).  3 países (5 se contarmos com Vaticano e Mónaco) em 8 dias.


Todas as noites é entregue no camarote o programa completo com todas as actividades do seguinte, é o DIÁRIO DE BORDO. Com informações importantes sobre as horas de partida do barco, local onde vamos atracar, os hórários dos restaurantes, bares, espectáculos e animação a bordo, informações sobre as excursões, descontos, e até sugestão de vestuário. Não falha nada!



Ps: As excursões podem ser contratadas com a Pullmantur (balcão das excursões dentro do cruzeiro) ou por conta própria, mas as primeiras garantem a segurança de o barco esperar por vocês no caso de ocorrer algum atraso por motivo de tráfego ou outro. Nas excursões por vossa conta, se não embarcarem até à hora estipulada, o cruzeiro parte sem vocês, ok?

Em resumo, se recomendo um cruzeiro? 
Definitivamente, sim! Para quem vai sozinho ou acompanhado, para crianças, casais jovens ou seniores, de qualquer nacionalidade.  O que importa é aproveitar ao máximo todas as ofertas disponíveis a bordo!


A nossa aventura nesta viagem começou 3 dias antes da partida do cruzeiro, com a nossa ida aos Parque Ferrari e Portaventura, a apenas hora e meia de Barcelona.
Prometo outros posts em breve sobre a visita aos Parques de Portaventura e sobre as paragens do nosso cruzeiro.

Hoje fico por aqui!







sexta-feira, junho 23, 2017

Fashion Blogger por um dia


Hoje tenho um brunch de aniversário e um afternoon wedding. 
Sinto-me uma socialite

Só me falta o sunset no rooftop a enfrascar-me com gin tónico de anis e casca de tangerina.

Estou quase quase a partilhar aqui os modelitos que vou vestir, só naquela de me armar em fashion blogger por um dia!

Logo eu que sou mulher de cerveja!

#fashionblogger #sóquenão


quarta-feira, junho 21, 2017

Divagações

Estes últimos dias não têm sido fáceis.

Nas notícias a desgraça de Pedrógão Grande, sobre a qual eu não consigo falar. Não sei o que se passa comigo, mas sinto que não tenho nada a dizer que já não tenha sido tido e redito, esmiuçado até ao limite da privacidade alheia e do sofrimento humano.

Não consigo tecer críticas, apontar dedos, não me parece que seja isso o fundamental neste momento. É quase o mesmo que quando um filho cai e se magoa, e apesar de o termos avisado várias vezes, no momento em que estamos a levá-lo para o hospital não repetimos consecutivamente "eu disse-te", pois não? Só queremos é fazer tudo para que ele fique bem e o mais rápido possível. Apontar-lhe o dedo seria ridículo, quando tudo o que queremos é vê-lo bem.

Até agora ainda não tinha falado no drama de Pedrógão aqui no blogue, talvez até por egoísmo, porque estava a viver o meu próprio draminha minúsculo, mas que era o meu, bolas!

Os meus últimos dias têm sido um vendaval. Felizmente não pelos motivos tão graves quanto os que agitam Pedrógão Grande e as vítimas do devastador incêndio. São motivos meus, que não importam agora partilhar, ou pelo menos que não me sinto preparada para os partilhar.

Melhores dias virão! A vida não é sempre um mar de rosas, mas também só é o drama que dele quisermos fazer. O que há a fazer nesses momentos? É levantar a cabeça e recomeçar tudo de novo se for preciso. A vida também é muito o que fazemos dela, e deixar de fazer algo com medo de errar é a pior forma de vida.

Fixo-me no meu marido, nos meus filhos e na enorme sorte que tenho em os ter. Agarro-me ao amor enorme que me têm e à felicidade de saber que sou fundamental nas suas vidas. Conforto-me com os amigos maravilhosos, que os tenho, que estão sempre lá quando é preciso, e que sabem exactamente quando me deixar a sós, na minha introspecção.  O resto, mais desilusão, menos desilusão, que se lixe! É apenas a vida a ser vivida.

No matter what, I rise!